Nióbio, a salvação para todos os males?

Posted: April 24, 2013 in Política, Sociedade
Tags: , , , ,

Já há algum tempo vem sendo vastamente difundida pela internet a estória de que o metal Nióbio seria o maior esquema de contrabando e corrupção que existe no Brasil, e alguns vão ainda além, e dizem que seria o maior esquema do mundo.

Durante a argumentação e acusações neste sentido, as pessoas envolvem políticos brasileiros principalmente do PT, envolvem empresários, empresas específicas, e estrangeiros. Dizem que o Petróleo é fichinha perto do Nióbio. Que o Nióbio é o metal mais precioso do mundo e que o Brasil detém 98% da produção do mesmo (o que é mais ou menos verdade), e que se não houvesse contrabando e lavagem de dinheiro na extração,  produção e exportação do mesmo, todos os problemas do País estariam resolvidos.

Quando pesquisei em sites de órgãos federais, e de associações de minério, etc.,  levantei que,  a grosso modo, o produto gera uma receita de menos de 2 bilhões de Dólar (fonte: http://www.ibram.org.br/sites/1300/1382/00000042.pdf), o que é menos de 0,1% do PIB brasileiro. Isso é pouco? Lógico que não!!!! Mas ele é a solução para nossos problemas? Também é óbvio que não! A Petrobrás já chegou a gerar receita líquida em torno de 250 bilhões de Dólar, mais de 100 vezes mais que o Nióbio. E se você vai argumentar ou pensa que isso se deve pelo contrabando, pois tem muito mais dinheiro rolando no Nióbio do que esses 2 Bilhões divulgados oficialmente, então continue lendo este post e você verá como essa ideia é, de certa forma, absurda.
Ou então, faca aplique uma lógica simples: Para o nióbio chegar pelo menos à receita de nossa maior empresa (Petrobrás), os dados oficiais do Nióbio estariam omitindo cerca de 99,5% de sua real produção. Ou seja, estaríamos produzindo 250 bilhões de dólar, mas somente oficializando 2 bilhões, o resto seria contrabando. E quem compra isso? Os estrangeiros, pois o Brasil não tem demanda nem para 5% dos 2 bilhões oficiais. Portanto, bastaria pesquisarmos os dados de importação de Nióbio de todos os países do mundo, e vermos qual a quantia em dinheiro ou em tonelada de Nióbio que eles importam do Brasil, e aí saberíamos quanto o Brasil exporta de verdade.
Pois bem, estes dados existem, e sao obviamente compatíveis com os dados do Brasil, sabe porque? Pois isso tudo é regulamentado pela OMC (Organização Mundial do Comércio). Portanto, se existe um contrabando que omite 99,5% da comercialização do nióbio, esse contrabando acontece de forma multilateral, pois TODOS as outras dezenas de países do mundo que compram nosso nióbio, também têm que estar operando por debaixo dos panos. Desta forma, estaríamos falando do maior esquema de contrabando do Mundo, envolvendo todas as grandes maiores potências do mundo. Ahhhh, me faca um favor né? Temos tantos problemas por aí, para alguém criar a lógica mais conspirativa da história mundial. Que preguiça que me dá.

Continuando, como sempre acontece nessas estorinhas, basta-se ter um pouco de bom senso para saber que a argumentação é totalmente desprovida de lógica, se contradiz, e levanta pontos absurdos e incabíveis.

Eu poderia apontar aqui mais alguns dados de pesquisas minhas do passado, as quais fiz para desmitificar as informações que eu recebia sobre o Nióbio, mas não farei isso. Ao invés disso, deixo aqui um link para o vídeo do Pirulla. Porque farei isso? Quem é Pirulla?
Bom, Pirulla é Vlogueiro (tem um vídeo Log) onde ele conversa/explica temas que ele julga importantes e informativos para a sociedade. Muitas vezes os temas surgem a pedido dos seus assinantes, que foi o caso do Nióbio.
Pois bem, o Pirulla busca realizar um trabalho sério, se informando, para assim evitar falar besteiras.  No caso do Nióbio, como é um assunto complexo, e envolve política, comércio, contrabando, esquemas de corrupção, etc., ele fez uma pesquisa bem vasta, tentando utilizar fontes dignas de certa confiabilidade, para não correr muito risco de escorregar. Ele fornece na descrição do seu vídeo, toda a vasta bibliografia de pesquisa.
Ou seja, além da bibliografia dele ser muito mais ampla que a minha, ele ainda resumi vários pontos principais num vídeo, o que facilita a vida do interessado no assunto, que ao invés de ler milhares de coisas, pode somente ver um vídeo no youtube, agradavelmente, e já adquirir boa quantidade de informação. Além do mais, se a pessoa não acreditar no que ele fala, é fácil, ela acessa os links que ele fornece e tira suas próprias conclusões. O que não pode, e voltarei a repetir isso sempre, é achar que tem o direito de emitir opinião e falar sobre um assunto sobre o qual você não tem a menor noção ou conhecimento. Caso se interesse, procure, se informe, e então forme uma opinião. Se não quer se informar, então fique caladinho e escute quem sabe, simples assim.

Segue o link, bom proveito a vocês:   http://www.youtube.com/watch?v=RqohMBQfWvk

por Miguelito Formador

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s