Shibumi – a simplicidade do ser ao invés de ter

Posted: October 19, 2013 in Comportamento
Tags: , , ,

ShibumiNo mundo de hoje, o ter não só vem antes do ser, como o faz praticamente desaparecer.

As relações sociais nos “obrigam” a morar em bairros bons e seguros, em casas espaçosas ou apartamentos luxuosos, andar em carros caros, termos bons empregos, roupas de marca, frequentar restaurantes e fazer viagens internacionais nas férias.

As conversas giram em torno de coisas, ao invés de versarem sobre ideias.

A grande Mídia e o mundo capitalista “empurram” as pessoas para a insatisfação, para o “quase”. Fazendo com que o anseio por mais paire indefinidamente, com que novos desejos e novas necessidades surjam todos os dias.

 

A tirinha daqui trás um excelente resumo da vida, mostrando os verdadeiros valores e alguns aspectos verdadeiramente importantes e imprescindíveis. A leitura é bem rápida, porém valiosa. 

Outra leitura igualmente “chocante”, porém útil e de notável sutileza para os alienados é Daytripper. Trabalho dos gêmeos brasileiros Gabriel Bá e Fábio Moon, figurou nos primeiros lugares na lista dos mais vendidos do New York Times. A história fascinante e comum de Brás de Oliveira Domingos escancara as idas e vindas da vida, mesclando possibilidades que dificilmente são consideradas pelo brasileiro mediano (aqui, entendam o “brasileiro mediano”, não como crítica, mas como produto de massiva lavagem cerebral midiática). Aqui e aqui pequenos resumos dessa novela em quadrinhos

Os japoneses têm uma palavra: “Shibumi”, que descreve essa ideia de vida perfeita, simples e honrosa de outra forma. Viver plenamente, mas com simplicidade. Um estilo de vida sem luxo ou ostentação, mesmo podendo ostentar; focando em pequenas, mas importantes conquistas.

É uma palavra de difícil tradução, pois pode exemplificar desde simplicidade na arte, até a plenitude das coisas, como no Universo. O conceito é belíssimo. Encontrei uma explicação interessante e detalhada no yahoo respostas.

 

O que quero com esse post filosófico é mostrar nuances do mesmo tema: a vida e seus desdobramentos. Não basta distribuir apresentações bonitinhas, com música do Kenny G e cenários cinematográficos. É preciso por em prática as mensagens, priorizar na vida o que realmente importa, focar no SER em detrimento ao TER, e passar isso pra frente.

Outro artigo interessantíssimo sobre exemplos de pessoas que vivem de modo mais simples, segue para leitura aqui.

por Celsão Filosófico (emprestando do Miguelito a denominação)

P.S.: Figura – montagem da tirinha retirada daqui.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s