Somos todos Gersons

Posted: September 15, 2014 in Comportamento, Sociedade
Tags: , , ,

Não há como negar.
A maioria dos brasileiros critica políticos e juízes corruptos, mas assume que roubaria também, ou, sendo mais polido, “jogaria o jogo” se estivesse no poder ou tivesse a chance.

Usar vagas para deficientes, sonegar imposto de renda ou buscar meios ilícitos de aumentar a restituição, dirigir após dois chopps ou uma taça de vinho, são apenas alguns exemplos de maus comportamentos aceitáveis socialmente.

Abaixo, compartilhamos um excelente texto do leitor e amigo Erick Nogueira.
Boa leitura!


cidadania_éticaSempre foi hora de acabar com a hipocrisia e a corrupção neste país, e de tempos em tempos aparece um herói prometendo este milagre.

As práticas condenáveis no setor público, dentre elas a corrupção, são exatamente, ou em sua grande maioria, réplicas de práticas antigas e atuais do setor privado e, para existir, precisam atuar em conjunto com o setor privado.

Apadrinhamento, bola, sonegação, desvios, caixa 2, lavagem de dinheiro, suborno, assédios, puxada de tapete, panelinhas, corporativismo e camaradagens nas relações comerciais tais como carteis, acabam sendo práticas comuns, ora no setor público, ora no privado, ou até em ambos.

Temos atualmente TODAS as maiores e médias empreiteiras do país envolvidas com propina e caixa 2 eleitoral, temos Siemens, Alston, Petrobras, temos toda a mídia corporativa que loteia a informação a serviço do anunciante ou políticos, temos as históricas trocas e disputas entre a Globo e governos de ocasião, temos CBF, os crimes da Veja, envolvida com o bicheiro Carlinhos Cachoeira num esquema político e de corrupção com Demóstenes, senador cassado e procurador do MP, temos os julgamentos de Gilmar Dantas…

Tudo isso nos mostra o quanto a coisa é abrangente e encrustada na sociedade, e essas práticas também são nossas, na carteirinha falsa da UNE ou ao trafegar pelo acostamento quando a estrada está engarrafada, o gato de TV. A nossa sociedade é assim, temos em nós o gene da flexibilidade moral, não é apenas o governo, ou justiça, ou polícia, são todas as instituições brasileiras em algum grau.

Está em mim, e em vc. O desafio hoje é aceitar que o brasileiro, principalmente aquele que detém o poder, o dinheiro, do topo para baixo na pirâmide, carrega um perfil moral que precisa ser corrigido.

Isso seria um bom começo.


por Celsão Correto e Miguelito Formador

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s