Tempos de insanidade

Posted: October 22, 2014 in Política, Sociedade
Tags: , , , ,

Fome_01Vivemos tempos em que verdades se misturam e se esvaem no meio de tantas mentiras. Tempos em que acusações se confundem com condenações judiciais. Tempos em que, com uma boa estratégia de marketing, boatos se espalham como vírus, e uma vez espalhados, não há antídoto que os possa conter, a epidemia já se instalou.

Assim, falar em direito de resposta, soa como piada de mau gosto aos ouvidos dos sensatos. O que é o direito de resposta comparado ao estrago feito por uma mentira jogada ao vento e já entranhada no pulmão do senso comum?

O TSE concedeu, por 7×0 votos, direito de resposta ao PT na revista Veja, devido a uma calúnia feita pela revista. Antes assim, pelo menos mostra-se um mínimo de justiça. Mas qual o impacto de “reparo” que um direito de resposta tem frente ao impacto de “destruição” que a calúnia causou? Neste caso foi ainda pior, pois o direito de resposta foi suspenso por uma liminar concedida pelo Ministro Gilmar Mendes(*).

Tempos em que a sociedade não questiona porque depoimentos judicialmente sigilosos sobre possíveis esquemas de corrupção vazam na imprensa, em pleno segundo turno da corrida eleitoral, com o intuito único de manipular a opinião pública em reta final de eleições.

No caso da Petrobrás, primeiro vazaram depoimentos do ex-diretor Paulo Roberto Costa, que indicavam envolvimento de petistas em esquemas de pagamento de propina, o que gerou muita repercussão. Nesta semana, novos vazamentos do mesmo ex-diretor, dizem que em 2009 o falecido ex-presidente do PSDB, Sérgio Guerra, recebeu 10 milhões de propina para engavetar uma CPI da Petrobrás no Congresso. Quando do primeiro vazamento, os anti-petistas voltaram a levantar a bandeira da ética e do “Fora-PT”. Quando do segundo vazamento, os anti-petistas fizeram vista grossa, pois envolve o PSDB.

Nestes tempos, um vídeo amador que denuncia que os correios estariam trabalhando ilegalmente pelo PT, distribuindo panfletos, alcança assustadoramente milhões de pessoas, o que indica que de amador, só tinha o tipo de filmagem, mas que na verdade era muito profissional, com uma força de marketing enorme por trás. Então sai uma nota dos correios comprovando que o serviço é legal, e também foi usado nesta mesma campanha por diversos outros partidos, incluindo o PSB de Marina e o PSDB de Aécio. Também o TSE emitiu nota dizendo que não havia nada de irregular no serviço prestado pelos correios. Mas já era tarde, o boato já havia contaminado aquela parcela da sociedade cega pelo ódio… Para estes, continua “claro” que o PT usou de forma corrupta e ilegal sua força de influência sobre os Correios.

Enquanto isso, a ONU divulga o Mapa da Fome do Mundo, onde pela primeira vez na história, o Brasil encontra-se “fora” dos países que sofrem com a fome crônica. Até 2002, o país possuía aproximadamente 40 milhões de pessoas passando fome, e não sabiam quando seria sua próxima refeição. Hoje, esse número se reduziu para, aproximadamente, 3,5 milhões de pessoas, representando 1,7% da população. Isso exclui o Brasil, portanto, do grupo de países que sofrem com problema crônico de fome. (Clique AQUI e acesse nosso artigo sobre o Mapa da Fome do Mundo, com detalhes do estudo sobre o Brasil, e com trechos da série de reportagens da Globo, realizadas em 2001, sobre a fome no Brasil naquela época).

Em tempos de completa insanidade, e de ódio cognitivo, boatos distorcidos sobre utilização de serviços dos correios, ou vazamentos de depoimentos de ex-diretor de uma empresa, ainda em processo de investigação e sem conclusão judicial, ganham mais popularidade que o fato de acabar com a fome de dezenas de milhões de pessoas.

Detalhe: Se você está cansado da agressividade na campanha eleitoral, lembre-se da lei da Oferta X Procura. Só se oferta, aquilo que se é procurado. Portanto, se os partidos e a mídia estão ofertando violência e chumbo trocado, é porque há uma procura por parte do eleitor/cidadão. Reveja, assim, seus valores, repense quais informações e notícias mais lhe chamam a atenção (fim da fome ou denúncias de corrupção?), e caso reconheça um erro na sua “procura”, reflita e tente se modificar. Depois disso feito, tente influenciar o meio ao seu redor. Quem sabe assim, teremos no futuro a chance de fazermos eleições mais limpas, onde o partido que mais apresenta propostas e se comporta de forma pacífica, conquistará a confiança da maioria.

(*) O Ministro Gilmar Mendes é aquele ministro que concedeu, em 2010, Habeas Corpus para o médico estuprador, Roger Abdelmassih, que violentou pelo menos 37 mulheres (pacientes). Também foi ele que soltou, mais de uma vez, o banqueiro Daniel Dantas, envolvido em escândalos de corrupção e operações ilícitas. E foi o único ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que votou contra a cassação da candidatura de José Roberto Arruda ao Governo do DF, cassado pelo Ficha Limpa. (clique AQUI e acesse nosso artigo detalhado sobre Gilmar Mendes)

por Miguelito Formador

Comments
  1. Sergio says:

    Mamamia, como seu texto é bom, realista e contextualizado de forma inequívoca no momento atual da vida brasileira. Parabéns.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s