Petrobrás

Posted: December 19, 2014 in Política, Sociedade
Tags: , , ,

Plataforma_P-52Como começar esse post?
Escolhi começar pela definição da Wikipedia (aqui) que conta que a Petrobrás foi fundada em 1953 e seguiu monopolizando a extração, produção, refino e distribuição de petróleo no Brasil até 1997. Hoje é uma empresa mista, pois possui capital aberto (ações na Bolsa), porém o maior acionista é o Governo Federal.

A Petrobrás surgiu da necessidade do país em buscar petróleo, recurso imprescindível ao mundo em meados do século XX, e teve papel primordial no desenvolvimento de tecnologias e pesquisas brasileiras nesse campo, sendo pioneira na exploração marítima.

Pois bem, é sabido de todos que escândalos de corrupção estouraram há pouco tempo na Estatal (tomarei a liberdade de classificar a empresa dessa forma), expondo a fragilidade de uma gigante mal administrada e minando a confiança de investidores internos e externos na empresa e no próprio Governo que a geriu pelos últimos anos.
Corrupção não é coisa de empresas e sim de pessoas. Condenar a empresa ou generalizar para toda uma empresa é ignorar o Comportamento Humano.
Não quero com a frase acima ignorar o ocorrido, minimizá-lo, nem clamar pela inocência dos acusados. Inclusive prego e acredito que todas as ações individuais sejam passíveis de investigação e punição, se fora da lei. Mesmo parte de um programa de desestabilização e tendo sofrido vazamentos durante as eleições, as investigações são legítimas e devem ser levadas a conclusões, quaisquer que sejam!
O que quero ressaltar é o “perigo” da condenação da empresa Petrobrás nesse momento.

Ora, se toda a indústria de exploração de petróleo vem caindo de valor nos últimos meses devido à chamada “onda verde” de propagação de energias renováveis (referência aqui);
Se países como Rússia e Venezuela, inimigos de potências como os EUA têm sua economia baseada em petróleo;
Se as mesmas potências têm aliados no Oriente Médio como a Arábia Saudita, que pode ditar o preço sem grandes impactos econômicos, dadas as grandes reservas;
Se o Brasil e a Petrobrás descobrem uma grande reserva e divulgam que a nova tecnologia só é viável inicialmente com altos valores de venda do barril;
E se pra finalizar, se a empresa é um dos alicerces do atual governo, “perigoso” sob o ponto de vista das mesmas potências mundiais…
Ligando os pontos, o movimento de diminuição artificial do preço do barril que visava a Rússia, atingiu a frágil Venezuela e, de quebra, enfraqueceu a maior empresa de um país emergente, líder regional, a Petrobrás. Alguns analistas (globais por coincidência) dizem que os Sauditas visam inviabilizar o gás de xisto americano. Eu duvido!

Temos que punir as pessoas, não destruir as empresas.
À essa frase de Dilma, acrescentaria minhas palavras de “revoltado”, caso fosse presidente:
– Estamos congelando as negociações da Petrobrás na Bolsa
– Mas presidente, quer dizer que a empresa está saindo do pregão?
– Não disse saindo, mas se quiser entender assim, declaro que é temporário.
– Mas e os investidores?
– Se confiam na empresa, saibam que “limparemos a casa” antes de voltar. O valor normal de mercado será reestabelecido. Se são especuladores, não me importo.
– Mas isso não é bom para o mercado…
– O Mercado é meu, a Bolsa é no meu país e sou o maior acionista da empresa; logo, mando eu!

Pra mim, ser contra a Petrobrás é ser contra a Nação. Ponto!
Afinal, vender a Petrobrás como pedem alguns da oposição é, pra resumir, descabido.
Tão descabido que não consigo sequer imaginar uma outra empresa, estrangeira, retirando dinheiro do chão. E o pior… do nosso chão!

por Celsão revoltado

figura retirada do Wikipedia – aqui

Comments
  1. Pois é…
    E considerando a espionagem americana na petrobrás ?
    Que medo do nosso futuro!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s