O que quero para 2015

Posted: December 30, 2014 in Comportamento, Outros
Tags: , ,

ano novo e natalDiferente do que fiz um ano atrás, sobre os desejos para 2014 (post aqui), não usarei o futuro do pretérito. Ficarei no presente mesmo, quiçá consigo “forçar mais” o futuro a se transformar no que desejo.

Quero um país cada dia mais transparente, com menos impunidade, em todas as esferas, quero que todos percebam por si só que agir conforme a lei não só é natural, como é sadio para o bom relacionamento com outros indivíduos, e com a própria lei.

Quero que sigamos por aqui, com essa gana de escrever, partilhar nossas “opiniões piratas” por onde quer que elas sejam ouvidas; e que continuem nos lendo, que nosso eco se espalhe e que isso impulsione notícias em jornais, revistas e outros blogs por aí!

Quero um São Paulo mais humano, com paulistas mais pacientes e cidadãos. Como vivo na cidade, me preocupam os problemas e as mazelas da mesma, mas me preocupa mais o ser que vive nela, principalemente por viver em função do SI próprio e do TER.

Quero uma oposição política mais atuante. Pois, após toda a disputa das eleições presidenciais, pareceu-me que a oposição “queria mais não queria” ganhar. Será excelente para a Nação e para a própria democracia se toda a energia do pleito se deslocar para críticas construtivas, discussões importantes e diálogos fomentadores de ações, envolvendo as bases da sociedade; afinal, os políticos nos representam e é justo que trabalhem em nosso favor, dos pequenos problemas do bairro/cidade através das câmaras municipais ao Senado federal.
Aqui faço uma ressalva quanto aos protestos. Que eles sigam existindo, mas que gerem quórum alinhado e uníssono a ideias que possam ser discutidas, ou “levadas adiante”. Protestar a favor da legalização da maconha ou sem roupa pedindo por emprego, respeito ou ciclovias rotula os praticantes muito mais que atinge os objetivos iniciais.

Quero que a presidente e seu grupo de apoio entendam que reformas são mais que necessárias, são imprescindíveis para o bom andamento do país. Se no primeiro mandato, o governo pecou por não ouvir o que o mercado e os especialistas diziam (nesse aspecto), nesse segundo mandato pode pecar de forma pior se ouvir somente os mesmos (que agora querem mudanças mínimas, para que o impacto do governo na economia “instável” não seja percebido).
Aliás, continuo achando a reforma midiática mais urgente e importante que a política; mas começando pela segunda, “cortando na própria carne” dos que estão no poder, ganha-se a força necessária para aprovar a primeira, independente do que a imprensa dirá.

Quero que as pessoas com dinheiro percebam que ele não é o mais importante. Que reflitam sobre o como o conseguem, nesse nosso mundo capitalista, e que consigam dispor de parte dele em prol da caridade e do próximo.
Quero que cada profissional exerça sua função da melhor forma possível, não só pelo “mais valia” que recebem no final do dia ou mês, mas por fazer parte de toda uma “rede” intrinsecamente conectada, onde o mal se propaga com facilidade e rapidez. E, se acaso não for possível fazer o melhor, que haja coragem para buscar outras funções na empresa, outro emprego, outra profissão! Afinal, já que passamos mais horas no trabalho que com nossos amigos e família, deve haver prazer e satisfação para que o círculo virtuoso se feche.
E aos professores, mártires da formação dos futuros brasileiros (uma vez que há muito a tarefa lhes foi delegada), que sigam com a iluminação diária e a paciência para formar, educar e preparar.

por Celsão correto.

P.S.: Creio que deu pra perceber que os “queros” não se alteraram muito quanto aos “querias” pra 2014. O mais importante é seguir lutando, nem que seja no próprio “micro-cosmo” da família, escola, departamento, amizades. Se para uma pessoa, você fizer a diferença, missão cumprida!

P.S.2: Sim, um ano se passou e estou mais romântico e utópico que nunca, ou melhor, que sempre…

figura retirada daqui

Comments
  1. Flavio A R Souza says:

    Aeee… Que suas utopias românticas sejam compartilhadas e idealizadas por muitos. Inclusive os que possuem o poder de decisão e mudança. Que as pessoas saibam cobrar e se portar com ética, moral e decência em tudo.
    Parabéns pelo texto, pela atitude e pelo Blog para ambos… Continuem firmes… Adiante!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s