Posts Tagged ‘haox’

Eu odeio correntes!

Posted: May 27, 2013 in Comportamento
Tags: , , ,

corrente  Com o surgimento e popularização da internet, acreditava-se que pessoas comuns conseguiriam em pouco tempo tornar-se Shakespeares, uma vez que todo o conhecimento humano poderia estar à disposição na rede. Atualmente podemos afirmar que foi um delírio descabido.

Odeio correntes, de todo tipo. Sejam aquelas com apresentações coloridas, foto-montagens e músicas, sempre acompanhadas de “mande de volta se for meu amigo”, que classifico como “auto-ajuda”; passando pelas “mentirosas” que prometiam sortear (e até distribuir) celulares Ericsson, notebooks HP, computadores XYZ para cada e-mail encaminhado; as que alertam para um “novo golpe” aplicado em semáforos, shoppings, prédios em que pessoas com silicone, ácido, gel de cabelo querem seu carro, cartões, etc.;  e mais ainda as “benevolentes” que prometem doações de centavos (ou comida, ou tratamento hospitalar, ou mesmo escolas) para cada e-mail encaminhado ou assinatura num documento Word.

Ora, todas elas querem somente o nosso endereço eletrônico, principalmente se vier acompanhado de outros dados, como nome, ocupação, endereço, número de documentos…

O que muitas têm em comum:

– Apresentam nomes inexistentes, como a funcionária Anna Swelung da Ericsson

– Apresentam emails falsos e números de telefones com 9 dígitos, mesmo antes de haverem números celulares assim em São Paulo

– Pedem para que encaminhe a mensagem para “todos os seus contatos”

– Geralmente as informações presentes nos encaminhamentos anteriores (nome, e-mail) não são apagadas. Às vezes até pedem para que as mantenhamos.

E aí, o que se pretende com essas correntes ou com todos esses e-mails?

Vender para empresas que exploram a ingenuidade e ignorância de outros na internet! Seja para indivíduos/grupos que invadem o computador com vírus e trojans via mensagens do Serasa, Bradesco, Itaú, TAM dizendo que seu nome está sujo ou que é necessária uma atualização de dados ou de sistema ou mesmo para empresas de pirâmide (pra mim, outra forma de corrente), como a Herbalife, Monavie e a nova moda o Telexfree

Isso merece um comentário a parte…

Se fosse mesmo possível obter ganhos de três a dez mil reais trabalhando duas horas por dia, por que ainda existem empresas, escolas, instituições públicas? E por que se preocupar com formação ou capacitação, sendo que tudo o que preciso é usar minha rede de contatos (ou comprar uma) para expandir minha pirâmide/corrente?

É claro que essas empresas são lucrativas… Para os que as criaram ou fazem parte de uma seleta diretoria/coordenação! Os demais investirão muito tempo e dinheiro, perderão amizades, empregos motivados pela ganância do lucro fácil, boa retórica e quirelas jogadas amiúde a fim de manter os tolos empolgados.

Todas as correntes que recebi morrem comigo. Até aquelas criadas pela Madre Teresa e que já circularam a terra 23 vezes!

por Celsão Revoltado

 

Aliás, para os que têm assuntos sérios e precisam de apoio popular, recomendo o Avaaz. Essa rede possui só no Brasil mais de três milhões de membros cadastrados e possui um portal para a criação de campanhas. Pra quem não conhece, segue o link: http://www.avaaz.org/po/petition/

Garotas de Programa fazem curso de inglês em BH

Garotas de Programa fazem curso de inglês em BH

Você abre sua rede social, ou senta-se na mesa com amigos, e escuta/lê a notícia bombástica: O governo Federal agora chegou no limite de jogar dinheiro no lixo, está pagando curso de inglês para prostitutas pelo Brasil a fora, para atenderem melhor aos turistas!

O que você faz ao tomar conhecimento dessa informação?
Se você acredita, então deveria rever sua capacidade crítica. Você está dopado pela droga que te inseriram com injeções de alienação diretamente no seu cerebelo, aplicadas pela grande mídia e pelos usuários reacionários das redes sociais. Essa droga pela qual você se encontra viciado, tem como intuito atrofiar seu raciocínio lógico e aumenta sua pré-disposição a acreditar em qualquer informação contrária a alguma ação positiva em favor das minorias e dos menos privilegiados. Essa mesma pré-disposição se encontra também quando o objetivo é acreditar em tudo que surja contra o atual governo Federal, por mais absurda que seja a informação.

No post do facebook onde tomei conhecimento da mesma, o meu amigo já sugeriu que deveria ser mentira ao postar. Eu comentei embaixo, não querendo perder tempo com aquela besteira: Claro que é mentira.
Mas todos os amigos dele que comentaram, afirmaram que era verdadeira a informação. E eles se referiam a mim, dizendo que era verdade a informação e que eu estaria “viajando”. Por isso pesquisei, e com menos de 15 minutos, descobri tudo que precisava, e comentei no post novamente, anexando os links de minha pesquisa. Ninguém mais comentou depois disso. Porque será?

Essa “notícia”, não saiu em nenhum jornal sério do Brasil. Mas saiu em centenas de blogs de reacionários, em algumas páginas pseudo-críticas das redes sociais e em alguns jornais digitais informais. Aqui em anexo segue o link para a principal página que deu popularidade à notícia:  http://redeesgoto.blogspot.com.br/2013/05/garotas-de-programa-estao-fazendo-aulas.html
Basta ler o primeiro parágrafo que já é possível perceber o sensacionalismo irracional e cruel da notícia. Também nesta página, além da notícia, vocês verão que eles colocam um link com um suposto jornal Belga, onde a notícia teria sido divulgada. Daí eu me pergunto: se fosse verdade, será que esse escândalo sairia somente em um jornal do Mundo, e este jornal haveria de ser um lá da Bélgica….?
Enfim, não sei se realmente se trata de um jornal respeitado, ou se trata de algo informal, o que pouco importa, pois basta pegar o texto que está no jornal, colocar no google translator, e este identificará automaticamente a língua como holandês. Traduza para português. Nesta tradução típica do google (não é uma crítica, pois é super difícil traduzir textos através de ferramentas de inteligência artificial) é possível perceber que os cursos das garotas serão pagos pela “associação de profissionais do sexo do estado de Minas Gerais”. Aqui as coisas começam a fazer sentido.

Fazendo mais uma pesquisa longa de 5 minutos no google, achei duas reportagens em duas revistas sobre o mesmo tema, porém agora feitas por revistas conhecidas e que tem, de certa forma, um mínimo de credibilidade. Segue em anexo um dos links, que é o da revista Exame: http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/prostitutas-de-minas-terao-aulas-de-idiomas-antes-da-copa
A reportagem diz que as garotas de programa de Belo Horizonte, e não do Brasil como sugere o link da rede esgoto de televisão, realmente estão frequentando cursos de inglês com foco em se preparem para a Copa, e estes cursos são pagos pela associação de prostituas de Minas Gerais.
Gente, não tem governo Federal. Nem sequer governo estadual. É algo bancado pela associação delas.

Será que é difícil ter um pouco mais de senso crítico, interesse, preocupar um mínimo com o que se consome? Ou será que não faz a menor diferença a nuance entre estarmos nos tornando pessoas mais cultas e bem informadas, ou de fato estarmos nos tornando marionetes alienadas e desprovidas de capacidade crítica?

Depois reclamamos de nosso sistema educacional ou da rede Globo, que não nos educam corretamente, sendo que nós próprios não tomamos qualquer atitude para tomarmos as rédeas de nossa própria educação, pois somos acomodados, passivos, preguiçosos, mas mesmo assim, nos consideramos sujeitos super preparados para emitir opinião e achamos que a mesma é de alta qualidade.

Dica: O ideal seria sempre corrermos atrás de informações multilaterais, mas sei que a maioria reclama de falta de tempo. Portanto, pelo menos, busquem se informar melhor mais quando se trata de notícias sensacionalistas, meio absurdas. Veja se vêm de alguma fonte ligeiramente confiável, pelo menos. Vejam se a escrita é boa (o que já pode apontar que ela foi feita por uma pessoa qualquer, em casa, sem ter bom senso sequer para se atentar aos padrões ortográficos, se é que a pessoa os conhece). Veja se a notícia vem com letras em várias cores diferentes, parecendo um carnaval (indica sensacionalismo e falta de profissionalismo – batata! É farsa). Veja se está escrita variando entre letras minúsculas e maiúsculas. Veja o linguajar.
E não preciso nem dizer que a maioria destes posts e e-mails contra o PT, ou contra bolsas, ou contra cotas, ou falando que no Brasil não há racismo, ou criticando Cuba, ou a Venezuela, ou comparando as maravilhas da China com as desgraças do Brasil, etc etc etc, são quase todas farsas. Não deixem que só porque isso agrada ao seu ego e perpetua suas convicções, se torne uma verdade absoluta em sua cabeça, te cegando para a realidade.

por Miguelito Nervoltado 

Já há algum tempo vem sendo vastamente difundida pela internet a estória de que o metal Nióbio seria o maior esquema de contrabando e corrupção que existe no Brasil, e alguns vão ainda além, e dizem que seria o maior esquema do mundo.

Durante a argumentação e acusações neste sentido, as pessoas envolvem políticos brasileiros principalmente do PT, envolvem empresários, empresas específicas, e estrangeiros. Dizem que o Petróleo é fichinha perto do Nióbio. Que o Nióbio é o metal mais precioso do mundo e que o Brasil detém 98% da produção do mesmo (o que é mais ou menos verdade), e que se não houvesse contrabando e lavagem de dinheiro na extração,  produção e exportação do mesmo, todos os problemas do País estariam resolvidos.

Quando pesquisei em sites de órgãos federais, e de associações de minério, etc.,  levantei que,  a grosso modo, o produto gera uma receita de menos de 2 bilhões de Dólar (fonte: http://www.ibram.org.br/sites/1300/1382/00000042.pdf), o que é menos de 0,1% do PIB brasileiro. Isso é pouco? Lógico que não!!!! Mas ele é a solução para nossos problemas? Também é óbvio que não! A Petrobrás já chegou a gerar receita líquida em torno de 250 bilhões de Dólar, mais de 100 vezes mais que o Nióbio. E se você vai argumentar ou pensa que isso se deve pelo contrabando, pois tem muito mais dinheiro rolando no Nióbio do que esses 2 Bilhões divulgados oficialmente, então continue lendo este post e você verá como essa ideia é, de certa forma, absurda.
Ou então, faca aplique uma lógica simples: Para o nióbio chegar pelo menos à receita de nossa maior empresa (Petrobrás), os dados oficiais do Nióbio estariam omitindo cerca de 99,5% de sua real produção. Ou seja, estaríamos produzindo 250 bilhões de dólar, mas somente oficializando 2 bilhões, o resto seria contrabando. E quem compra isso? Os estrangeiros, pois o Brasil não tem demanda nem para 5% dos 2 bilhões oficiais. Portanto, bastaria pesquisarmos os dados de importação de Nióbio de todos os países do mundo, e vermos qual a quantia em dinheiro ou em tonelada de Nióbio que eles importam do Brasil, e aí saberíamos quanto o Brasil exporta de verdade.
Pois bem, estes dados existem, e sao obviamente compatíveis com os dados do Brasil, sabe porque? Pois isso tudo é regulamentado pela OMC (Organização Mundial do Comércio). Portanto, se existe um contrabando que omite 99,5% da comercialização do nióbio, esse contrabando acontece de forma multilateral, pois TODOS as outras dezenas de países do mundo que compram nosso nióbio, também têm que estar operando por debaixo dos panos. Desta forma, estaríamos falando do maior esquema de contrabando do Mundo, envolvendo todas as grandes maiores potências do mundo. Ahhhh, me faca um favor né? Temos tantos problemas por aí, para alguém criar a lógica mais conspirativa da história mundial. Que preguiça que me dá.

Continuando, como sempre acontece nessas estorinhas, basta-se ter um pouco de bom senso para saber que a argumentação é totalmente desprovida de lógica, se contradiz, e levanta pontos absurdos e incabíveis.

Eu poderia apontar aqui mais alguns dados de pesquisas minhas do passado, as quais fiz para desmitificar as informações que eu recebia sobre o Nióbio, mas não farei isso. Ao invés disso, deixo aqui um link para o vídeo do Pirulla. Porque farei isso? Quem é Pirulla?
Bom, Pirulla é Vlogueiro (tem um vídeo Log) onde ele conversa/explica temas que ele julga importantes e informativos para a sociedade. Muitas vezes os temas surgem a pedido dos seus assinantes, que foi o caso do Nióbio.
Pois bem, o Pirulla busca realizar um trabalho sério, se informando, para assim evitar falar besteiras.  No caso do Nióbio, como é um assunto complexo, e envolve política, comércio, contrabando, esquemas de corrupção, etc., ele fez uma pesquisa bem vasta, tentando utilizar fontes dignas de certa confiabilidade, para não correr muito risco de escorregar. Ele fornece na descrição do seu vídeo, toda a vasta bibliografia de pesquisa.
Ou seja, além da bibliografia dele ser muito mais ampla que a minha, ele ainda resumi vários pontos principais num vídeo, o que facilita a vida do interessado no assunto, que ao invés de ler milhares de coisas, pode somente ver um vídeo no youtube, agradavelmente, e já adquirir boa quantidade de informação. Além do mais, se a pessoa não acreditar no que ele fala, é fácil, ela acessa os links que ele fornece e tira suas próprias conclusões. O que não pode, e voltarei a repetir isso sempre, é achar que tem o direito de emitir opinião e falar sobre um assunto sobre o qual você não tem a menor noção ou conhecimento. Caso se interesse, procure, se informe, e então forme uma opinião. Se não quer se informar, então fique caladinho e escute quem sabe, simples assim.

Segue o link, bom proveito a vocês:   http://www.youtube.com/watch?v=RqohMBQfWvk

por Miguelito Formador