Posts Tagged ‘Zona do Euro’

Frankfurt_Protest_04

Um dos males do povo brasileiro: Achar que vive sozinho, isolado do resto do planeta.

Em Frankfurt na Alemanha (fotos), cerca de 17.000 protestantes de diversas ideologias e “tribos” (inclusive Black Blocs) foram às ruas, na quarta-feira, dia 18.03.2015, protestar contra o sistema capitalista e a crise na Zona do Euro, com foco nas políticas do Banco Central Europeu. Frankfurt_Protest_02Os protestos ocorreram, em boa parte, de forma agressiva, com manifestantes depredando patrimônios privado e público, quebrando vitrines, ateando fogo em veículos (inclusive da polícia) e lojas, e com confronto entre civis e policiais.

A polícia teve que usar bomba de gás, canhões de água e cassetete. Os manifestantes usavam pedras e coquetel molotov. Centenas de pessoas foram detidas. Mais de 100 manifestantes, e quase 100 policiais ficaram feridos.

Frankfurt_Protest_01O fato é que, existe uma crise no sistema vigente, e o Brasil não é uma ilha. Até na Alemanha, país mais estável e desenvolvido da Europa, os ânimos estão à flor da pele. A economia da Alemanha desacelerou, tendo crescido, desde 2009, a uma taxa média de 0,7% ao ano, bem menos que a média de 2% do Brasil no mesmo período. O desemprego começa a subir, com grandes empresas fazendo demissões em massa. A sociedade se divide num debate sobre as possíveis soluções para a Zona do Euro. Já se estuda cortes de direitos dos trabalhadores. Ideologias e movimentos fascistas ganham força, e cada vez menos, estrangeiros e refugiados são bem recebidos, não só na Alemanha, como em toda Europa ocidental.

Frankfurt_Protest_03A diferença é que, na Europa, há realmente uma grave crise do Sistema Político-econômico-social e, segundo previsões de especialistas e intelectuais, é um sistema em decadência e a Europa vive um período de transição, onde muito está indefinido.

Já no Brasil, essa crise é principalmente induzida por interesses políticos de grupos que sempre tiveram enormes privilégios em nossa sociedade e viram seus privilégios serem levemente ameaçados ao longo dos últimos anos. E claro pelo clamor da Grande Mídia que pinta um cenário de caos para tentar desconstruir o Governo. Isso gera um pessimismo generalizado, o que resfria a economia, e causa sensação de insatisfação, principalmente com o Governo. Frankfurt_Protest_05E se a crise ainda não existe, é só questão de tempo para ela chegar.

Keynes e tantos outros estudiosos das sociedades e da economia já explicaram os efeitos deste pessimismo. Isso é estratégia conhecida, e pelo que pudemos perceber nos últimos dias, é eficiente.

por Miguelito Formador

Ps.: Clique aqui para uma das notícias da mídia alemã 

Ps2.: Notícia que mostra que o Brasil manteve recentemente seu grau de investimento avaliado pela Standard & Pools, ao contrário do que especulavam aqueles que querem gerar a crise, que diziam que seríamos certamente rebaixados. Clique AQUI
Mais uma prova de que nossa crise é, antes de mais nada, política. 

Imagens daqui e daqui

 

 

 

paul-krugmanEste blog reproduz a entrevista com Paul Krugman, prêmio nobel de economia em 2008, na Carta Capital.

Ele fala da crise mundial, crise na Zona do Euro (apontando Portugal como um país em ruínas), critica novamente a austeridade fiscal (ponto forte em sua teoria premiada com o nobel), fala da situação econômica do Brasil e como Lula/Dilma vêm conduzindo o país frente a esta crise que tortura todas economias do Mundo. Fala do que se esperar com a desaceleração do crescimento do PIB da China, e dá seus pitacos sobre Obama, políticas sociais nos EUA e possível cenário eleitoral com Hillary Clinton sendo favorita, caso se candidate.

Imperdível, para quem gosta de se informar. Para quem tem preguiça e/ou não se interessa, mas mesmo assim, gosta de dar pitacos e expor opiniões; ou para aquele que acredita que o Brasil está afundado numa crise irreversível e apocalíptica, leia essa entrevista e flexibilize suas convicções e certezas, expandindo seu campo de visão. 

Acesse à entrevista clicando AQUI

Acesse também nosso post sobre a Crise no Brasil, clicando AQUI

por Miguelito Formador

figura daqui